Lembra quando era antes de saberem sua opinião?

Você lembra? Antes de status de whatsaap, do “o que esta pensando” do facebook, do “o que esta acontecendo” no twitter, e dos finados status de msn, orkut, icq?
Antigamente, antes da internet, a gente só dava a nossa opinião quando era necessário, quando pediam, pessoalmente em um dialogo descompromissado com amigos e conhecidos.


Mas hoje em dia sentimos a necessidade de nos comunicar, a todo momento, de levar ao pé da letra o “o que você esta pensando”, o problema que as pessoas não estão preparadas para saber o que realmente estamos pensando. E quanto mais a gente fala, infelizmente, mais elas absorvem apenas o negativo da gente.
Apenas absorvem, leem e lembram da gente apenas pelas opiniões divergentes das deles.

“_Humm, nossa, meu conceito sobre tal pessoa foi pra vala depois dessa.”
“_Hmm nossa, não acredito que ele pensa isso sobre aquilo.. Aff nossa”

 

Nossa necessidade de falar, de se comunicar com qualquer um que seja, parecendo um louco gritando numa rua movimentada, onde ninguém presta atenção e passam por ele como se fosse um fantasma.
Muitas das vezes, fazemos isso querendo chamar a atenção de alguma pessoa, na maioria das vezes, atenção daquela pessoa que parece nunca prestar atenção na gente.

O grande problema disso, que a vontade de ter alguém para conversar e dialogar, jogar palavras ao alto como se fossem uma isca para fisgar alguém descompromissado com o tempo (ou não) para puxar um dialogo é que:
Quanto mais você faz isso, quanto mais você coloca a “armadilha” para fisgar sua preza…
Mais eles querem se afastar de você.
E você, frustrado com tudo isso, todo esforço indo em vão. Vai la e força mais ainda (conscientemente ou inconscientemente). E mais e mais as pessoas vão clicando em “deixar de seguir” ou até mesmo te excluindo.

Também tem aquelas pessoas que preferem não se comunicar com palavras, e sim por imagens, mostrar o quanto estão “felizes” (muitas aspas nisso!) tirando fotos, muitas das vezes sem sentido algum. Tudo bem saciar nosso ego, nosso narcisismo uma ou duas vezes na semana, quem nunca não é mesmo?
Mas tem aquelas pessoas que querem esfregar, na cara de alguem indiretamente, que estão felizes. E vão la postar 5, 10 fotos por dia. Com falsos sorrisos e frases motivacionais nas quais elas mesmos não seguem. “No pain no gain”.. 2 dias depois já desistiu de tudo e partiu para outra coisa “mais fácil” para se conseguir resultados de felicidades vazias.
Alias, felicidade, ta ai uma coisa difícil de decifrar.
Acho que muitas dessas pessoas acha que a felicidade, é ter mais de mil likes em uma foto, conseguir muitos “coraçõezinhos” do “crush” (urgh.. me sinto patético escrevendo essa palavra, mas valo la…).

Mas sério, sério mesmo que isso é tudo para você? Você se conforma com tão pouco assim?
Se você mostra quem você realmente é, as pessoas se afastam de você.
Mas se você mostra quem eles queres que você seja, ai você é endeusado.
Alias, não que eles querem que você seja algo, muitos tão pouco se fodendo se você esta vivo ou morto. Mas quando você aparenta ser algo que se encaixa nos padrões do que eles definem como algo “bom o suficiente para ganhar meu coraçãozinho”.
Ex: Uma garota coberta da cabeça aos pés, falando sobre politica, qualquer partido que seja.
Agora a mesma garota, não falando nada, mas com pouca roupa. Qual das duas você acha que sera endeusada ?
Alias, imagina a garota com pouca roupa, já depois de fazer sua fama, agora decide falar sobre suas posições politicas.
Algumas das pessoas que descordariam, ou vão agora mudar de opinião apenas para agradar ela, e de alguma forma falar algo para que ela agora tenha a atenção dele (olha o jogo virando).
Outras pessoas que descordariam, ou não vão nem ligar, mas vão continuar seguindo ela, porque, beleza é tudo não é mesmo?
E outras vão dar like, mesmo descordando.

Imagina ela antes do sucesso, coberta com uma manta, como seria o endeusamento?
Poderia ela, estar buscando forçadamente aceitação devido todas as vezes que suas palavras foram jogadas ao vento. E agora que ela conseguiu, esta fazendo o mesmo com os outros?

Eu não sei, sei lá vai saber…

Só sei que está na hora de eu mesmo deixar de ser essa pessoa, esse louco gritando no meio da multidão. E passar a cuidar do meu.
Como aquele velho ditado. :” Não corra atras das borboletas. Faça um jardim, elas viram até você”.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s